Bem CultQualidade de vida

Carta à professora que mudou minha vida

“Hoje vivencio um tempo
de término de ciclo”

Eu tive alguns professores especiais ao longo dos meus 17 anos de estudos. Já escrevi textos antes acerca do exercício da docência e do seu impacto na vida dos alunos – às vezes positivo, às vezes não. E, às vezes, sem impacto algum. Infelizmente – e isso não é um caso isolado dessa profissão – ainda há quem exerça seu ofício de forma indiferente, sem se preocupar com o que se passa na cabeça de quem será diretamente afetado por aquilo.

Mas, vez ou outra, ganhamos na loteria. Hoje vivencio um tempo de término de ciclo – em uma semana, meu último semestre na graduação chegará ao fim. Foram três anos e quase 10 meses de muito aprendizado, muitas aventuras e desventuras, e muita gente. Acho que esses anos foram os que eu mais pude constatar o valor do ser humano e entender que absolutamente nenhum deles se encontra por acaso. Nisso é que consiste a loteria na qual ganhei: em uma professora na graduação, eu encontrei uma amiga, uma orientadora, uma conselheira e uma inspiração.

Não que os outros professores não tivessem tido sua importância ao longo desse tempo – eles tiveram, com toda certeza. Mas essa docente em especial me fez muitas vezes parar e olhar as coisas por outro ângulo, me abraçou e defendeu quando precisei, me mandou comer chocolate para que a tensão passasse antes da minha defesa de TCC, me desafiou e inspirou a ultrapassar meus limites – que, hoje posso afirmar, não existem. E tudo isso ela fez com amor, um sorriso e uma sinceridade firme apesar do tom de voz carinhoso. Hoje, após esses quase quatro anos bem vividos, eu digo com toda a segurança que os melhores mestres são aqueles que te inspiram e te fazem sentir orgulho de cada particularidade sua e por ser quem você é. Mas, acima de tudo, o sentimento que fica é de gratidão por tê-los encontrado.

Por: Cindy Freitas | Universitária
Postado por: Filipe Medeiros | Assessor de Conteúdo Multimídia da Cult

folha_outono_chuva4164d592
Post Anterior

Dias de chuva

Leo Chaves será a capa da próxima edição da revista Cult.
Próximo post

Oportunidades exclusivas na próxima edição

redação

redação

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>