Variedades

Minascon | Construir Mais com Menos supera expectativa da organização e atrai grande público em Uberlândia

Evento reuniu mais de 8 mil visitantes nos três dias

A 14ª edição do Minascon | Construir Mais com Menos sediado pela primeira vez em Uberlândia atingiu o seu objetivo que é apresentar o que há de mais moderno para a cadeia da construção civil, gerar relacionamento, negócios e conhecimento. O evento, realizado no Center Convention, em Uberlândia, entre 11 e 13 de setembro, reuniu mais de 8 mil pessoas. O espaço foi ocupado por 84 marcas expositoras da cadeia produtiva da construção, inclusive com uma mostra de máquinas pesadas para o setor, na área externa. A programação técnica do evento contou no total com dois Talk Show (show de fala ou conversa), 6 congressos técnicos, 9 painéis, um workshop, um seminário e dois ciclos com dezenas de palestras, integrando quase 50 temáticas diferentes. Houve ainda dois concursos e para capacitar os interessados, os organizadores trouxeram a Escola Móvel Sesi-MG Senai-MG e uma unidade móvel do Senai-MG.

“O Minascon trouxe o que há de melhor da cadeia da construção civil e só pode ser realizado em Uberlândia por uma soma de esforços. Cerca de 400 empregos diretos e indiretos foram gerados. Sem dúvida, foi um momento ímpar para aproximar empresários do varejo e da indústria, promover relacionamento e conhecimento”, disse o presidente do Sinduscon-TAP, Pedro Spina.

“Criamos mercado para as empresas mineiras, em um evento que cobre todas as etapas produtivas, da concepção de projetos à entrega do produto final, passando pelas universidades e especialistas”, destacou o presidente da Câmara da Indústria da Construção da Fiemg, Luiz Fernando Pires.

Quem também opinou sobre o evento foi o vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), Geraldo Jardim Linhares Júnior. “Uma pesquisa lançada pelo Sinduscon-TAP apontou que Uberlândia lançou um número de imóveis superior a Belo Horizonte. Entendemos que a cidade tem potencial para novos nichos e mesmo diante da crise, não para. Além disso, é uma forma de dar oportunidades para outras cidades sediarem o evento que sempre aconteceu em BH”.

No balanço geral do Minascon 2017, Pedro Spina enfatizou que pelo cenário econômico em que o país vive, houve um volume razoável de negócios. “Não temos o balanço total porque algumas negociações ainda não foram fechadas, estão em andamento, mas o que apuramos é que a maioria fechou negócios abaixo de R$ 10 mil, mas houve transações comerciais que atingiram os R$ 30 mil. Estes números estão dentro do esperado, haja vista que sabemos que o mercado deve começar a reagir a partir de 2018, sem contar que a feira é uma novidade em Uberlândia”, disse o presidente do Sinduscon-TAP.

O economista Claudio Frischtak afirmou que por mais longa que seja uma crise, sua duração é limitada. “O cenário que prevemos é de crescimento, em especial para 2018, com aposta de desinflação, aumento real de renda da população e de emprego e redução sustentável dos juros. Em 2017, aposta em crescimento do PIB brasileiro em 1% e para os 12 meses seguintes, 3%”, disse.

Ainda para essa retomada, Claudio Frischtak afirmou que os investimentos em infraestrutura ajudarão nesse desenvolvimento sustentável de longo prazo. As áreas de maior possibilidade de entrada de capital privado são saneamento e transporte.

Concursos

Nesta edição dois concursos foram realizados. O tradicional concurso “A Ponte”, que premiou o melhor projeto segundo critérios profissionais. As pontes foram feitas com cola e palito de picolé. Ao todo, 15 duplas concorreram ao prêmio de R$2.500. A ponte vencedora dos estudantes do Centro Universitário UNA de Belo Horizonte, Jarine Cardoso Silva e Genison Roncalle suportou um peso de 325 quilos. Já o concurso TCCs de Gradução, que visa reconhecer os melhores projetos que abordam o uso de estruturas e materiais inovadores na construção civil em diversas categorias premiou 6, dos 41 trabalhos de 9 instituições inscritos. A premiação foi no valor de R$ 1.000.

Para o presidente do Sinduscon-TAP, Pedro Spina os concursos têm a importante tarefa de unir o presente e o futuro da engenharia e da construção. “O que vimos aqui hoje durante os concursos é o futuro do nosso setor e da engenharia. São esses novos profissionais que serão nossos engenheiros e nossos empresários em breve. Por isso, é muito importante trazer os estudantes para estarem cada vez mais integrado com o mundo da construção”.

Expositores

Entre as dezenas de marcas expostas, estava a Guarde Mais. O franqueado Breno Guerra Merola falou da experiência de participar do evento. “A Guarde Mais é uma empresa nova em Uberlândia, por isso participar de eventos como o Minascon é de suma importância para que as pessoas conheçam o nosso serviço e a nossa marca. Nosso serviço também é voltado para empresários da construção civil, pois temos boxes de vários tamanhos que podem ser guardados materiais de construção, máquinas, entre outros objetos. Muitos visitantes puderam conhecer o que é a Guarde Mais e como pode ser útil para o negócio deles”, contou.

Denilson, sócio de Breno Merola enfatizou que o Minascon é um evento que gera competitividade entre os participantes e oferece oportunidades para os compradores. “Fizemos bons contatos o que para nós é muito positivo. O evento estava muito bem organizado, realizado num espaço confortável e um público muito qualificado. Ficamos felizes por essa oportunidade”, conclui.

 

arte-completa-virada-da-inovacao-email-marketing
Post Anterior

Virada da Inovação oferece oficina de programação gratuita para público em geral e Hackathon com vários desafios

?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
Próximo post

CDL oferece 25 vagas de empregos em diversas áreas

Serifa Comunicação

Serifa Comunicação

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>