Variedades

Pontes de Amor realiza primeiro encontro do projeto “Trilhas para Autonomia”

Encontro será neste sábado (30), das 14h30 às 17h50 com adolescentes acolhidos institucionalmente na cidade de Uberlândia

Neste sábado (30), será realizado o primeiro encontro do projeto “Trilhas para Autonomia” com aproximadamente 12 adolescentes de quatro instituições de acolhimento de Uberlândia. Na ocasião, os adolescentes que já saíram dessas unidades também estarão presentes e poderão ser beneficiados ao entender a relevância do projeto e conhecer uns aos outros e toda a equipe. O encontro será na sede da Pontes de Amor, localizada na região central da cidade a partir das 14h30.

De acordo com a coordenadora do projeto, Bruna Magalhães, as temáticas abordadas neste primeiro encontro serão desenvolvidas por meio de dinâmicas e brincadeiras que visem à integração do grupo.  No decorrer do dia, serão abordados temas como comunicação verbal e não verbal, a importância da palavra dita e ouvida, o poder das palavras, o cuidado com a má interpretação e ainda como podem melhorar a comunicação deles com os que estão a sua volta a comunicação efetiva e não efetiva.

“Os adolescentes poderão ouvir o depoimento de um jovem que enquanto estava na instituição de acolhimento pôde receber o apoio da Pontes de Amor e que hoje, desinstitucionalizado, vive com a madrinha e luta para terminar o ensino médio e conquistar seu espaço no mercado de trabalho”, contou.

Trilhas para autonomia

A Pontes de Amor criou o projeto “Trilhas para a Autonomia” baseado na orientação do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), nos termos do Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa do Direito de Crianças e Adolescentes à Convivência Familiar e Comunitária.

O projeto tem como objetivo proporcionar aos adolescentes institucionalizados, maiores de 14 anos, mecanismos para a construção de uma vida autônoma, bem como construção de senso de identidade, valor e propósito.

Promover o estímulo da capacidade empreendedora nos adolescentes “abrigados” é, portanto, o cunho do projeto Trilhas para Autonomia, que se propõe a construir com eles as condições para fazer algo diferente, acompanhando-os e provocando mudanças individuais e na sociedade. “Nós podemos transformar esta realidade.  Se fosse por apenas um desses jovens, já valeria a pena, mas são muitas histórias que estão diante de nós. Não há impossível quando acreditamos e nos comprometemos”, conclui a coordenadora do projeto, Bruna Magalhães.

Serviços:
Primeiro encontro do projeto “Trilhas para autonomia”
Data: 30/09 (sábado)
Horário: 14h30 às 17h50
Local: Pontes de Amor – Rua Roosevelt de Oliveira, 611, Centro

 

 

Ali Babá e os 40 Ladrões - Foto Thaneressa Lima
Post Anterior

Temporada de Teatro Trupe de Truões começa dia 7 de Outubro em Uberlândia

21686285_1608991615787994_5564707767541847061_n
Próximo post

Atividade física reduz risco de desenvolver câncer de mama

Serifa Comunicação

Serifa Comunicação

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>