Variedades

Projeto “Programa de Formação” capacita profissionais para processo de adoção legal

Programa é uma idealização da Pontes de Amor. Ao final do curso, os participantes recebem um certificado

O projeto “Programa de Formação” é uma atividade realizada por meio de oficinas, que prioriza o trabalho em grupo e tem como objetivo disseminar práticas que contribuam para o sucesso da adoção legal, e que promovam convivência familiar e comunitária saudável às crianças e adolescentes em condições de institucionalização. Além disso, visa promover maior unidade de pensamento e ação na rede de proteção e garantia dos direitos da criança e do adolescente.

O programa é uma idealização da Pontes de Amor, primeiro grupo de apoio a adoção legal em Uberlândia, que este ano comemora cinco anos de atividade na cidade e região. A inspiração para o projeto surgiu a partir do “Novos Vínculos”, realizado pelo Aconchego – Convivência Familiar e Comunitária, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O projeto é realizado semestralmente aos sábados. Os locais dos encontros são indeterminados, porque são cedidos por parceiros da cidade. O “Programa de Formação” já foi realizado em Araguari e São Paulo e tem como público-alvo, técnicos da Vara da Infância e da Juventude, promotoria da infância e da juventude, gestores, cuidadores, educadores e equipe técnica das entidades de acolhimento, conselheiros tutelares e de direitos, além de profissionais de organizações não governamentais e organizações da sociedade civil de interesse público.

Ao final do curso, que tem carga horária de 16 horas, todos os participantes receberão certificado de participação. A psicóloga da Pontes de Amor, Anyellem Rosa, explica que o projeto vale-se dos conhecimentos da psicologia, psicodrama, sociodrama, teoria das redes sociais, teoria sistêmico-construtivista e assessments do Coaching.

“São realizados seminários, palestras, jogos dramáticos e dinâmicas de grupo, entre outros recursos. Para receber o certificado, é exigida a participação mínima 80% da carga horária do curso. O projeto é administrado pela equipe técnica de psicólogos, coaches, assistentes sociais, administradores, advogados, professores universitários e outros especialistas na temática da Pontes de Amor. O grupo é coordenado por uma equipe de profissionais capacitadas pelo projeto Novos Vínculos para replicar metodologias dos programas de preparação de famílias para adoção e apadrinhamento afetivo”, contou.

 

 

 

Photo by freestocks.org on Unsplash
Post Anterior

Os perigos da automedicação

Panfleto Pedalada Rosa
Próximo post

Center Shopping será palco do passeio ciclístico ‘Pedalada Rosa’, com arrecadação de doações para o Hospital do Câncer

Serifa Comunicação

Serifa Comunicação

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>